quinta-feira, 17 de novembro de 2016

CICLISMO E SEGURANÇA DA INFORMAÇÃO

Ciclismo e Segurança da Informação? O que tem haver isso? Saiba que tem tudo haver agora.

Hoje com o avanço das tecnologias ficamos cada vez mais expostos, mas do que imaginamos. As Redes Sociais facilitaram e muito a comunicação, democratizaram o uso da Internet e o compartilhamento de conteúdo que agora não se resume a somente uma fonte. Porém, alguns cuidados são necessários para se manter protegido no mundo virtual e assim não afetar diretamente o mundo real.

Quando o mundo real tem ligação direta com o virtual, seja no trabalho, lazer ou atividades físicas a SEGURANÇA DA INFORMAÇÃO deve ser uma preocupação de todos nós. Pois uma vez feita essa conexão, o que se faz não se restringe ao ambiente físico que você está nesse momento, mas ao espaço virtual onde sua conexão alcançar. E isso, o torna vulnerável a atividades consideradas suspeitas, que podem trazer dor de cabeça para sua vida real. 
Recentemente, tivemos nas redes sociais a divulgação de algo que até pouco tempo seria chamado de ficção. Porém, é real. O assalto a grupo de ciclista por si só, já é problema como a um também... porém, geralmente se levam dinheiro, pertences pessoais, celulares, Smartphone e outros aparatos tecnológicos e, consequentemente com estes muitas informações sobre você, seus grupos de amigos, trabalho e familiares. Isso se torna problema a medida que essas informações começam a serem usadas contra você e todos de sua rede de comunicação. Pois quando se tem acesso ao conteúdo do seu aparelho de comunicação, se tem acesso a todos os seus contatos, grupos sociais, amigos, família e assim as informação obtidas ou colhidas nesses ambientes podem favorecer quem pratica o mal. 

Há relatos de que criminosos acompanham determinadas grupos, neste caso ciclistas para assim programar suas ações, poupando para si tempo e gerando ganhos, pois tem a localização exata, o percurso, o trajeto feito e o tempo que isso ocorrerá, assim podem planejar uma ação criminosa rendosa para si. 
O que fazer, não vamos mais andar com nossos celulares, gps, ou outros.... não é isso. Mas devemos preservar com segurança as informações contidas neles para evitar que as informações possam cair em mãos erradas e serem usadas contra você mesmo. 
O uso de antivírus, bloqueadores de sinais, rastreamento do aparelho, sem falar do sistema de apagar memória do aparelho, são algumas das ferramentas existentes para se evitar que criminosos utilizem seus dados contra você.
Conheça os sistemas que são utilizados nos aparelhos, como poder bloquear o acesso de qualquer pessoa, gerenciar os dados a distância caso sejam roubados os aparelhos e apagar o conteúdo evitando que caiam em mãos erradas. São algumas das atividades de segurança que deve ter no seu dia a dia. Pois a perda de um aparelho pode gerar prejuízo limitado financeiro, porém os dados contidos nos aparelhos se não estiverem protegidos causarão mais prejuízos que não se poderão mensurar a você e todos que compartilham conteúdos com você.

Se você sempre cuida de sua segurança ao pedalar, usando itens de segurança pessoal e sinalização, está na hora de avaliar que nível de segurança tem para seus dados, sejam atividades físicas, ou redes sociais. Pois uma vez tendo acesso a seus dados os criminosos virtuais podem sim causar prejuízos reais a sua vida. 

Cuide com segurança dos dados que transporta ou divulga em suas redes sociais, pois cada vez mais o uso da tecnologia é feito por criminosos para poder terem êxito em suas investidas. Lucrando cada vez mais com a prática do crime. 

Seja cuidadoso como seus dados virtuais para não ter dores de cabeça reais. E se houver furtado algum aparelho seu, terá pelo menos a chance de evitar que seja vasculhado e utilizado contra você mesmo. Isso não é mais uma questão de um cuidado a mais, é sim responsabilidade com a Segurança de Informação o qual você e seus amigos geram em cada pedal, passeio  ou viagem. Faça com que suas atividades esportivas tragam prazer e satisfação e não dor de cabeça por causa de dados roubados ou expostos a criminosos. Fique esperto, pois os bandidos estão. 

Texto: Josenilson Araújo

segunda-feira, 17 de outubro de 2016

PORQUE PEDALAR É PRECISO

     Olá, hoje resolvi partilhar um pouco do que venho desenvolvendo nesses dias. No último domingo 16 de outubro realizei um percurso que para muita gente é longo e cansativo. 
Mas para quem quer manter o condicionamento físico, desenvolver habilidade na área urbana e alcançar objetivos não existe tempo ruim. 
       O dia esteve meio nublado, com chuva em parte do período, mas logo o sol abriu e então foi só aproveitar os lugares da nossa cidade (Natal - RN).
     O percurso seguiu pela Av. Tomaz Landim, passando pela Ponte de Igapó, Av. Bernardo Vieira, então segui pela Av. Prudente de Morais, rotatória do Arena da Dunas, Marginal da BR-101, passando pelo Viaduto de Ponta Negra, e pegando a Av. Engenheiro Roberto Freire até a rotatória da Via Costeira. 
Água de coco em Ponta Negra - retomando energia
http://www.praiasdenatal.com.br/ponta-negra/
Parada para uma água de coco e em seguida pedalando pela Via Costeira, aproveitando o vento favorável e curtindo a paisagem. 
     

Praia de Areia Preta - NATAL /
LINK: http://www.praiasdenatal.com.br/praia-da-areia-preta/



    Passando pelos hotéis da via, Farol de Mãe Luíza, e chegando a Praia de Areia Preta, onde temos o Relógio Solar, a Escadaria de Mãe Luíza e o nome da Cidade - NATAL, que está se tornando um dos cartões postais.
Em seguida, passei por Praia dos Artistas, Praia do Meio, Praia do Forte e segui até pertinho do Forte dos Reis Magos, com vista para a foz do Rio Potengi e com a Praia da Redinha à outra margem, com a imagem da Ponte Newton Navarro unindo a cidade.
Ainda em Praia de Areia Preta - Natal 

Praia do Meio - Natal 

Praia do Meio - Natal
http://www.praiasdenatal.com.br/praia-do-meio/
     Em seguida cruzando a ponte fui a Praia da Redinha, até o paredão de pedras que margeia a foz do rio Potengi dando acesso ao oceano. E de lá retornei para casa seguindo pela Av. João Medeiros Filho (Estrada da Redinha). 
Ponte Newton Navarro - Sentido Centro / Zona Norte no link você encontra mais dados sobre a Ponte:  https://pt.wikipedia.org/wiki/Ponte_Newton_Navarro 
Vista da Ponte Newton Navarro - Forte dos Reis Magos
     Num total de quase 55 km o percurso é nível moderado e requer do ciclista concentração pois é trecho urbano, com locais sem ciclovia mas espaço em alguns trechos que requer atenção e controle da bike. Importante também é manter o rendimento da cadência no pedalar, pois tem trecho que dá para dar um bom ritmo, mesmo nas subidas. 
Forte dos Reis Magos - Natal / RN
Conheça mais em: http://turismo.natal.rn.gov.br/fortaleza.php

Acesso para o Forte dos Reis Magos - Natal / RN
     Minha dica é: manter o ritmo com controle do guidão procurando não oscilar ele de um lado para o outro, pois isso faz perder o ritmo e como é trecho urbano sempre pode ter um veículo próximo. 

Vista do Forte dos Reis Magos do trecho de pedras na margem norte do Rio Potengi
     Importante. Como todo percurso que se faça é necessário sempre hidratação, antes, durante e após o treino. Sempre tome água e não esqueça de ter a mão, uma rapadura (rsrsrs), uma barra de cereal, banana, amendoim ou alguma fruta que goste, ingira comidas de fácil absorção do organismo isso fará com que o seu metabolismo possa aproveitar bem os nutrientes e por fim, aproveite o percurso com segurança e atenção, pois afinal de contas pedalar é preciso. 
A Redinha também tem o nome da Cidade - NATAL
http://www.praiasdenatal.com.br/praia-da-redinha/
Texto: Josenilson Araújo
Fotos: Arquivo Pessoal

segunda-feira, 3 de outubro de 2016

A SAÚDE E OS CUIDADOS QUE DEVEMOS TER

Cuidar da saúde é importante e necessário para o bom desempenho físico ou profissional. A uma máxima que diz o quanto é perigoso o ser atleta de fim de semana, pois você coloca em risco sua vida praticando esporte somente no fim de semana. 
https://www.toledo.pr.gov.br/noticia/esporte-de-toledo-tera-agenda-intensa-esse-fim-de-semana 
 Ter essa percepção também faz parte do ciclismo, pois o condicionamento físico acontece quando se pratica diariamente ou periodicamente o exercício. Isso ajuda a manter a saúde e traz benefícios para a própria vida. 
A facilidade da prática do ciclismo se faz por ser um esporte que tem a flexibilidade de se praticar indo ou voltando do trabalho por exemplo. E quem faz o ciclismo com certeza o faz com muito prazer em praticar o esporte. E por isso mesmo deve cuidar da saúde. Pois a prática esportiva deve servir para obter ganhos na saúde e não perder a saúde praticando exercícios físicos. 
O conhecimento na área que atua é importante para que possa cada vez mais melhorar o desempenho antes, durante e após o exercício físico. Isso se faz com dedicação, mudança de hábitos, e claro a vontade de ser atleta na prática esportiva que você faz. 
Isso requer atitude consciente de que você precisa manter-se atualizado quanto a alimentação, condicionamento físico, suplementação alimentar, e cuidados geral com a saúde, buscando sempre fazer exames periódicos de avaliação de como está seu organismo. Com isso, você pode praticar a atividade física com segurança e cuidado com a saúde. 
https://estilovegan.com.br/wp-content/uploads/2012/07/gr%C3%A3os-integrais.jpg 

Alguns pontos devem sempre ser observados quando se pratica o esporte, ter vida saudável é uma delas e depende de você fazer isso, como: manter alimentação balanceada, dormir o que é recomendado por dia, não exagerar nas bebidas, evitar o fumo ou drogas. 

São alguns cuidados que devem ser levados em conta, pois querendo ou não a pratica esportiva faz você uma referência para outras pessoas, e elas vêem em você um exemplo a ser seguido, se porém isso não acontece, as pessoas desacreditarão no esporte e, consequentemente não irão desejar praticar o esporte uma vez que, vê você fazendo tudo o que uma pessoa que não pratica o esporte fazer. 
É importante tomar consciência disso, pois a prática esportiva transforma sua vida e consequentemente pode trazer benefícios para você que faz quanto para as pessoas que tomam a decisão de praticar o esporte por se espelharem em você e seu exemplo. 
Busque sempre orientação profissional na área da nutrição e do condicionamento físico, e tenha hábitos saudáveis na vida, com certeza colherá muitas coisas boas na prática esportiva e na própria vida pessoal. 

Texto: Josenilson Araújo
Fotos: Internet / Arquivo pessoal

terça-feira, 27 de setembro de 2016

PASSAGEM DE MARCHAS E DESEMPENHO

Não sou especialista no assunto mas gosto de pesquisar e também passar um pouco do que vivencio no dia a dia. E hoje trago um assunto que pode ser útil para algumas pessoas.

Muita gente que inicia na modalidade do ciclismo, sempre tem dúvidas sobre as marchas da bicicleta e como passar elas. Principalmente em conseguir melhor desempenho ao pedalar. 
Buscar conhecer a bike que você tem é importante, claro que uma ajuda profissional de um Bike Fit faz a diferença, pois ajusta a bike ao seu biotipo, porém para os que iniciam no ciclismo conhecimentos básicos são fundamentais para melhorar o desempenho do esporte. 

A bike com marchas ajuda e muito no desenvolvimento e no ritmo do ciclista, porém deve-se ter conhecimento para que a utilização das marchas não se torne um problema quando você pedalar.
Conhecimento básico é saber qual lado fica cada alavanca de câmbio na bicicleta. 

No geral, a utilizada pela mão direita sempre mexe com o câmbio traseiro, que são as marchas sejam na catraca ou no cassete. 
A alavanca de câmbio utilizada pela mão esquerda sempre mexe no câmbio dianteiro que passa as marchas nas coroas. 

Dica: Utilizando no câmbio das coroas a 2, ou seja a coroa do meio você tem acesso a todas as marchas passadas pela alavanca do câmbio traseiro (catraca ou cassete). Com isso você pode ir alternando as marchas de acordo com o seu desenvolvimento no pedalar. Importante: em aclives (subidas), você deve colocar a alavanca de câmbio dianteiro (mão esquerda) na marcha 1, e na mão direito, dependendo desta subida utilizar entre as marchas 2 ou 1. Isso faz o pedalar ficar mais leve e assim poder subir sem tanto esforço. Claro que você aos poucos vai se adaptando e poderá testar outras marchas para ter melhor desempenho nas subidas. 


Se num percurso normal sentir que o pedalar esta muito pesado, você pode aliviar trocando de marchas na alavanca da mão direita. Isso é intuitivo e você vai encontrando um ritmo melhor para obter melhor desempenho ao pedalar. 

Importante: Conhecer o sistema que você utiliza na sua bicicleta faz toda diferença, nas catracas ou cassetes, há variação da quantidade de cogs (que são os discos dentados que compõe esses sistemas), essa quantidade representa a quantidade de marchas que você possui na bike. 

Mas não se assuste, no inicio todos nós temos dúvidas quanto cada um, e qual alavanca utilizar. E outro ponto é conhecer o funcionamento destas alavancas, pois dependendo do modelo é preciso saber qual ou em que posição deve estar para que a marcha seja ajustada tanto na menor quanto na maior. Mas é algo que com a prática você poderá se ajustar bem ao modelo que utiliza. 
Enfim, uma boa dica é sempre passar as marchas de maneira a fazer do passeio um momento agradável e prazeroso, o importante também é fazer os ajustes para que a corrente possa trabalhar corretamente e não sair de lugar, uma dica: Caso a corrente saia na coroa maior ou seja para fora, volte uma marcha que pedalando ela retorna para a posição anterior sem precisar parar a bicicleta. Mas é sempre bom manter a bike com os câmbios ajustados corretamente para evitar esse tipo de situação. 

Se tiver mais dúvidas recomendo procurar vídeos sobre o assunto, pois pesquisar sempre ajuda e tem bons canais no Youtube que mostram cada componente e o que precisa ser feito. Sem esquecer de ir num mecânico de sua confiança e obter ajuda para esses ajustes. Obrigado por sua atenção e aproveite os passeios e trilhas que fizer. Seja bem vindo ao mundo de quem pedala. 

Texto: Josenilson Araújo
Fotos: Arquivo pessoal

sexta-feira, 26 de agosto de 2016

PROJETO PRA QUEM VAI AO TRABALHO PEDALANDO

Amigos ciclistas, hoje trago um assunto muito importante para todos, uma ideia legislativa que poderá se tornar Projeto de Lei e irá beneficiar todos que utilizam a bicicleta para ir ao trabalho. 
No portal do Senado Federal, o "e-Cidadania" é um canal que podemos criar projetos e leis que dependendo do apoio popular podem a vir se tornar Lei no País. 
Criei a "Ideia Legislativa" que dá incentivo a que vai de casa para o trabalho. Isso mesmo, com o objetivo de apoiar os funcionários das empresas que utilizam a bicicleta para ir e voltar do trabalho. 
Minha preocupação é contribuir para que todos, possam praticar o ciclismo com segurança e mantendo a bicicleta com manutenção preventiva. 
Andando pela cidade, com certeza você já viu algum ciclista que utiliza sem o mínimo de segurança, tanto na bicicleta como em si próprio. Muitos são trabalhadores de baixa renda, que utilizam a bicicleta como meio de transporte, seja por não ter outra opção, economia doméstica, ou gostar de pedalar. Mas muitos principalmente por causa da economia não tem condições para comprar roupa adequada, capacete, luvas, e os acessórios de sinalização e segurança para a bicicleta. 
Pensando nisso, criei essa ideia para que sendo aprovada, todos os que utilizam a bicicleta para ir ao trabalho, serem beneficiados e assim, poder andar com segurança e adequados para o ciclismo.
O projeto está disponível nesse endereço: 
https://www12.senado.leg.br/ecidadania/visualizacaoideia?id=56573 
Precisamos ter pelo menos o apoio de 20 mil pessoas para que passe dessa fase para a próxima, que é ser levada apreciação dos parlamentares, e poder vigorar como lei.
O meu projeto é criar um "Bônus" acrescido no salário do trabalhador e com o valor disponível poder manter a bicicleta que o leva para o trabalho. O projeto se torna parceiro de quem utiliza a bicicleta todo dia, e sabe o quanto precisa manter em dia a manutenção da bicicleta e dos acessórios que usa. Também se torna um meio o qual a empresa pode apoiar o funcionário que pratica o esporte, indo para o trabalho pedalando. 
O principal ponto do projeto é incentivar o uso da bicicleta por mais pessoas, e contribuir assim para a diminuição do trânsito nas cidades, e ainda aumentar o incentivo ao esporte que, por sua vez contribui para o bem-estar de todos. 
http://oglobo.globo.com/sociedade/saude/pedalar-ou-caminhar-para-trabalho-aumenta-bem-estar-13933826

Acesse a página "e-Cidadania" e apoie essa ideia. Você estará não somente ajudando um amigo que conhece e que pratica o esporte, você estará contribuindo para mudança de mentalidade tanto, das pessoas que ainda não pedalam como, das empresas que apoiarão os funcionários através desse projeto.
Conto com seu apoio e agradeço desde já sua participação nessa ideia. 

Texto: Josenilson Araújo
Autor da Ideia Legislativa, no (e-Cidadania).
Acesse: https://www12.senado.leg.br/ecidadania/visualizacaoideia?id=56573

Foto: http://oglobo.globo.com/sociedade/saude/pedalar-ou-caminhar-para-trabalho-aumenta-bem-estar-13933826 

quinta-feira, 25 de agosto de 2016

PEDALAR E CUIDADOS PESSOAIS

Poder pedalar é conquistar um tipo de liberdade que gera antes de tudo satisfação consigo mesmo e com o esporte que escolheu. Sim um esporte. Mas assim como todo esporte alguns cuidados devem ser tomados para aproveitar melhor o esporte.
Ouvi relato de pessoas que ao participar de um passeio ciclístico realizado recentemente, dias após o evento sentiram um incomodo por ter pedalado. Dores nas pernas, sensação de assaduras entre as pernas e outras coisas relacionadas a prática esportiva.
Também constatei que, muitas dessas pessoas não tem a atividade como principal exercício e, por isso mesmo não usaram roupas adequadas a prática do esporte.
Por isso mesmo, não custa lembrar. Todo exercício tem a roupa apropriada pra ser praticado. O ciclismo é uma modalidade que possuí particularidades essenciais ao conforte e segurança do praticante. As pessoas devem utilizar roupas leves, calças ou bermudas apropriadas para a prática que, por exemplo sejam confortáveis e que tenham proteção como forro de espuma para evitar o atrito e compressão da virilha e órgãos internos que compõem o aparelho urinário e sexual. 
Não esquecer luvas para as mãos, capacete, óculos e tênis apropriado para a prática esportiva, fazendo assim um conjunto que pode até não evitar os tombos ou quedas, mas que ameniza as consequências se por ventura isso venha a acontecer. 
Outro ponto que não custa lembrar é o ajuste da própria bicicleta para a pratica do esporte, como a altura do selim e a manutenção e limpeza da bike e dos componentes. 
Ajuste dos freios, dos passadores das marchas, e também os equipamentos de sinalização noturna como piscas, lanternas e faixas refletivas. 
Se as pessoas tivessem uma mínima noção desses pontos evitariam contusões ou problemas mais sérios à saúde. 
O importante também é todos nós estarmos atentos a isso e repassar para as outras pessoas que querem iniciar na prática esportiva esses cuidados. Pois afinal de contas, fazer o esporte é também partilhar o que de bom recebemos e conhecemos. 

Texto: Josenilson Araújo
Fotos: Arquivo pessoal

quarta-feira, 17 de agosto de 2016

PORQUE PEDALAR É PRECISO

Satisfação - Espírito de Equipe - Amizade
Posso definir em pelo menos três palavras o que sinto ao pedalar com o KMC - Keimando Calorias. 
Já a algum tempo percebo que é importante pra mim pertencer a esse grupo, pois indiretamente vem ajudado em muitas coisas, nele aprendi a ser ciclista (amador), mas ciclista. Pois com pequenas dicas e melhorias necessárias busco melhorar cada vez mais minha bike pra poder estar acompanhando o grupo nos pedais. 


Mais uma das coisas mais importantes que temos é poder fazer amizades, claro que algumas não tão intensas, mas nos encontros promovidos pelo grupo - que servem para aproximar - vemos que é importante promover a socialização das pessoas. Cada um tem seus problemas, suas dores, mas também a grande alegria de viver e passar a experiência para as outras pessoas. 
Isso faz toda diferença, isso aproxima e torna a participação cada vez mais forte entre as pessoas que fazem parte do grupo.





Não somos os melhores, mas somos o KMC. E em nossas superações pessoais tornamos o grupo forte, e fonte de vitória na vida de cada um de nós. 



É preciso sempre continuar com a alegria, o suor no rosto, as dores no corpo, não porque faz parte das quedas mas sim da superação pessoal que cada um faz, e isso torna forte a amizade, o empenho na atividade física e principalmente traz a satisfação em poder estar com todos que amam pedalar da mesma forma que você. 


Esteja onde estiver, lembre-se que pedalar é preciso. E que fiquem nas lembranças os bons momentos que fizeram parte dos caminhos percorridos, das trilhas realizadas e dos amigos conquistados. 

Texto: Josenilson Araújo
Fotos: Arquivo Pessoal

terça-feira, 16 de agosto de 2016

MANTENHA DISTÂNCIA

É comum em grupo de pedal a gente perceber que sempre tem alguém muito perto da gente, mas isso deve ser evitado, Saiba por quê...
Foto: Josenilson Araújo
Seja em trilha ou asfalto o ciclista deve sempre estar atento ao que acontece ao redor e principalmente a quem vai a frente pedalando. O que acontece é, a distância entre os ciclistas deve ser mantida para evitar que haja colisão entre ambos, assim como nos veículos automotores a regra de trânsito presa por essa distância, no ciclismo devemos também cuidar para não ficar posicionado atrás do outro ciclista de forma a em alguma eventualidade não ter tempo ou espaço suficiente para executar manobra escapando assim do que aconteça à frente. 
Quantas vezes não vemos em passeios ou trilhas colisões entre ciclistas porque houve a necessidade de parar a bike, ou ter que diminuir o ritmo da pedalada e então, o ciclista que vem logo em seguida por estar muito próximo ao ciclista da frente causa a colisão.
Vemos que nas provas de ciclismo essa dica basicamente não existe, porém nessas modalidades o que conta muito é a experiência e a velocidade que a prova exige, e assim mesmo já vimos em tempo real acidentes que envolvem vários ciclistas ao mesmo tempo. 
Foto: Internet 
Porém, nos passeios e trilhas realizados é prudente manter a distância, evitando assim que o problema que o ciclista que está a frente tenha se torne problema para os demais. 
Atentos a esses detalhes, mantemos a segurança nos passeios e evitamos que aconteçam tombos ou colisões com gravidade. Isso depende de cada um, e a segurança é responsabilidade de todos. 
Foto: Internet
http://www.autobicicletao.com.br/noticias/2015/3/20/ciclistas-comemoram-mais-bicicletas-nas-ruas
Texto: Josenilson Araújo

segunda-feira, 25 de julho de 2016

PEDAL RÁPIDO ATÉ PONTA NEGRA

Neste domingo, 24 de julho de 2016 fiz um giro rápido até a Praia de Ponta Negra. 
Destaco no caminho um problema causado por um acidente na via, que deixou na curva de subida do Viaduto de Ponta Negra na passagem de pedestres um estreito que dificulta o trajeto no local. É preciso ter cuidado quem anda no trecho e mais uma vez fica o alerta para que seja feita a devida manutenção no local.

Porém, existem lugares e trechos que também precisam de atenção. Sempre pedalo pelas ruas de Natal, e precisamos sempre manter-se atentos tanto ao tráfego de veículos quanto a própria via onde se pedala. Infelizmente as maiorias das vias não tem a ciclovia ou faixa de segurança para ciclistas, e precisamos contar com o bom senso das pessoas. 
Mas ao fim devemos aproveitar as ocasiões e lugares que decidimos ir. É importante que em todo o percurso evitemos conversas paralelas caso estejamos com outras pessoas, sigamos o trajeto com atenção e, assim o deslocamento se torna rápido, seguro e com certeza ao chegar no local que decidiu ir, terá o tempo suficiente para conversar a vontade. 

Lembrando que também é importante todo o planejamento antes da saída para o passeio. Veja os equipamentos de segurança da bike, e também os seus, se estão todos funcionando e disponíveis, não esqueça a água, e também alimentos que possam repor rapidamente as suas energias (por exemplo: rapadura), e a roupa apropriada para fazer o pedal com segurança e conforto.
É importante também a pontualidade. Item que não pode ser esquecido, pois quando se pedala em grupo devemos respeitar o outro, e estar no local marcado para saída conforme o combinado, se houver claro algo inusitado, como pneu furado, corrente quebrada, isso com certeza se você planejou antes será contornado não na hora da saída mas antes mesmo do tempo limite. 
Não esqueça de fazer alongamentos para aquecer o corpo para o pedal, seja curto ou de longa distância lembre-se de cuidar do corpo fazendo os exercícios necessários para que não cause lesões em você mesmo ao pedalar. 
Enfim, seguindo as dicas com certeza você terá mais aproveitamento do passeio, menos desgaste físico e tornará o contato com os outros mais proveitoso. Não pare, continue a pedalar e seja exemplo para as pessoas que desejam mas que ainda não tem oportunidade de pedalar, lembre-se: você tem uma grande oportunidade em pedalar, cuida da saúde, faz amigos e conhece lugares. 



TEXTO: JOSENILSON ARAÚJO
FOTOS: ARQUIVO PESSOAL

quarta-feira, 20 de julho de 2016

POR QUE PEDALAR?


             Muita gente ainda faz essa pergunta. E faz essa pergunta porque na verdade ainda não compreendeu como o esporte é importante para a vida de quem pratica. 
                 Muitos desde criança tiveram o contato com a bicicleta e, por talvez não ter a orientação correta quanto a adequação da bicicleta a si, foi aos poucos deixando o pedalar. 
                   A grande fascinação nasce do poder ir a lugares que muitas vezes não são alcançados por outro meio de locomoção. Por ser um esporte democrático e que não tem distinção, atraí muitas pessoas que buscam além do condicionamento físico uma prática saudável para viver. A uma gama de atividades esportivas que utilizam a bicicleta como ferramenta de atividade física, sem falar das pessoas que diariamente utilizam a bicicleta para o trabalho. 
                    

              Seja pedalando para o trabalho, seja praticando por esporte, pedalar é sem dúvida uma sensação indescritível porque quem pratica o esporte tem além do condicionamento físico, o prazer em sentir as sensações do ambiente que escolhe pra praticar o esporte. Seja na praia, a brisa, o vento, os sons, sem falar da beleza dos lugares que podem ir. 

                Outro ponto importante é a unidade através do grupo que se reúne e vai pedalando por vários lugares. Mas seja pedalando sozinho, ou em grupo a sensação é sempre a mesma. Satisfação em poder sentir os lugares que percorrem, pois se entra em contato direto com a natureza quando se busca ela, e também as sensações ao pedalar na via urbana. Claro que cuidados e atenção devem estar presentes em todos os lugares, pois tanto quanto em meio a natureza ou na cidade o ciclista está exposto a alguma eventualidade. 
                 Mas riscos temos todos os dias, seja a pé, dirigindo carro, moto, ou andando de ônibus. Porém, a diferença entre todos estes é que pedalar o faz livre e, responsável pelo destino que deseja chegar. E assim como caminhar, o ato de pedalar faz bem a saúde, claro que aliado com o devido cuidado com a saúde, a alimentação e como você vive a vida. 
                     Quem faz parte deste mundo sabe muito bem do que falo, e pode até melhor descrever tudo isso, porém sempre aprendemos todo dia, em cada caminhada, em cada pedalada. E mesmo que você faça o mesmo percurso todos os dias, sempre há algo novo que aprende. 
                   Por isso, convido você que ainda não pedala em dar essa chance a você mesmo, com certeza será uma paixão para toda sua vida. Bom pedal pra você e curta a vida com saúde, amizade e cuidado. 

Texto: Josenilson Araújo
Fotos: Arquivo Pessoal


quarta-feira, 13 de julho de 2016

AJUSTE SUA BIKE A VOCÊ

      Sente dores ao pedalar? 
      Então verifique se a bike está ajustada para você. 



       Muitas pessoas perdem o prazer em pedalar por não saber que alguns ajustes são necessários para que o esporte não prejudique a saúde. 
       Assim como todos os equipamentos para exercícios, a bicicleta precisa ser ajustada ao ciclista. Se não forem feitos esses ajustes, com certeza potencializará algum problema de saúde existente ou causará algum. 
       Cada pessoa tem um biótipo e, ajustar a bicicleta é fundamental para que o bem-estar e prazer ao pedalar aconteçam. Um ajuste importante é a altura do selim que, deve estar na faixa do quadril. E ao pedalar a perna não pode ficar totalmente estendida mas sim ligeiramente flexionada. 

       Outro ponto importante é o ajuste das manetes de freio e passadores que precisam estar numa posição adequada para não causar problemas tanto nos punhos como nas mãos.
             A sugestão para quem quer praticar o ciclismo como esporte, é fazer o bike fit que, fará medidas e ajustes além de, indicar o tamanho adequado do quadro a seu biótipo.
Acesse esse link e veja mais: 
http://www.webbikers.com.br/blog/?p=998 

           Procure profissionais qualificados para que a prática esportiva seja uma experiência boa em sua vida e não momentos que preferiria esquecer. Veja o que precisa ser ajustado e bom pedal. 

Texto: Josenilson Araújo
Fotos: Arquivo pessoal e também do site http://www.webbikers.com.br/blog/?p=998 



 

terça-feira, 12 de julho de 2016

ALÉM DO PEDALAR

               Quando o ciclismo entrou em minha vida, pensei que conhecia tudo sobre andar de bicicleta. Pois, desde adolescente que pedalo, porém ser ciclista amador (como me defino), é um passo importante que requer além do saber pedalar, conhecer a bicicleta e tudo o que precisa se conhecer para fazer dela uma companheira, não somente nas horas que precisamos fazer pequenas coisas e também percorrer grandes distâncias.
             


       Ter conhecimento em pedalar foi um passo importante para que hoje pudesse fazer do ciclismo um meio bem particular para fazer amigos e conhecer lugares. A grande satisfação na verdade é colher os frutos que o esporte pode proporcionar, o condicionamento físico e a grande ajuda em poder ser um canal de alívio para as coisas que acontecem na vida. 
        Busco sempre fazer da prática esportiva uma meta que impulsiona a vencer desafios pessoais. O primeiro desafio que venci foi poder ir de casa para o trabalho pedalando, pois o trajeto é bastante difícil uma vez que não há ciclovia ou faixas para a segurança e isso fez com que, vencesse meu medo de ir além da minha limitação. 

          Com frequência mantenho a prática esportiva um nível acima do lazer, busco levar com seriedade o que faço, mesmo não fazendo competições estou sempre aprimorando o conhecimento sobre o que faço, pois não basta somente pedalar, precisamos também conhecer a mecânica, a postura, e a funcionalidade da bicicleta, uma vez que estando só na prática esportiva, preciso saber fazer manutenção emergencial como, trocar uma câmara de ar furada, ajustar freios, ver altura do selim para poder melhorar o desempenho e a própria saúde, além manter a bicicleta sempre pronta pra novos desafios. 

       Sou uma pessoa que vivo intensamente o que gosto de fazer, e por isso busco cada vez melhorar meu ritmo, e a experiência em pedalar. Pois com segurança não se brinca, e não deve-se descuidar. Sabemos que, muitas vezes não é culpa do ciclista o acidente que acontece, porém tentamos amenizar as consequências de algo que nos venha acontecer. 
      Andar com segurança requer não somente o cuidado pessoal com os acessórios, mas também cuidado com tudo e todos no caminho, pois a segurança minha depende do que posso fazer pela segurança das outras pessoas. 
          Quem pratica o ciclismo sabe o prazer de pedalar e seguir adiante, de não ficar preso no trânsito, de sentir a brisa do vento, o cheiro da natureza. Os pingos da chuva, o sol forte, enfim estar não a contemplar somente a natureza mais poder de todas as formas senti-la. Isso faz toda diferença. Seja na praia, nas trilhas ou área urbana, são momentos únicos que ficam na memória de todos que amam o ciclismo. 

Texto: Josenilson Araújo
Fotos: Arquivo pessoal