terça-feira, 26 de abril de 2016

PROTEÇÃO - CAPACETES

          Todo ciclista sabe que o capacete é um item importante e deve ser usado sempre. A legislação brasileira não colocou o capacete como item de segurança obrigatório, porém o uso não o faz estar fora da lei, pelo contrário devemos ter esse item sempre presente nos itens de segurança e proteção pessoal.
 
Existem vários modelos e formas, mas com certeza existe um que é o ideal pra você. Assim como nossas roupas, o capacete tem tamanho, e também ajustes que facilitam a fixação dele na cabeça do ciclista, fazendo com que não saia da cabeça mesmo que a alça jugular esteja aberta.
É importante que ao adquirir um, veja o modelo ideal para o tamanho de sua cabeça, veja se tem as etiquetas do fabricante que indicam por exemplo a validade do capacete, e se é um item testado e aprovado pelos órgãos competentes.

        Não esqueça desse item ao sair para pedalar, mesmo que for somente a padaria, use sempre o capacete para que havendo algum incidente ele possa proteger você em alguma queda. 

           O capacete precisa de limpeza pelo menos a cada 3 pedais, e a limpeza deve ser feita com água, uma bucha e recomendo o shampoo de sua preferência. Não utilize alvejantes ou produtos abrasivos (que podem retirar o brilho e estragar as proteções externas do capacete). 
                 Coloque o capacete para secar a sombra e mantenha ele em lugar seco e protegido. Mantenha ele sempre pronto para um novo pedal e não esqueça, utilize sempre o capacete em seu treino, trilha ou passeio. Se tiver algo a acrescentar, colabore, deixe seu comentário e vamos juntos construir esse nosso canal de comunicação, formação e participação. 

Fotos: Retiradas da Internet
Autor: Josenilson Araújo

segunda-feira, 25 de abril de 2016

PEDALAR - ATITUDES E AMIZADES

                Cada pedal tem emoções diferentes, e com certeza histórias para contar. Estar pedalando com pessoas que gostamos, fazendo novas amizades nos inspirar a ir cada vez mais longe e vencer nossos desafios e limites pessoais. 
                    Precisamos sempre aproveitar esses momentos para cultivar a solidariedade, a amizade e o companheirismo, e claro sempre dar uma mãozinha para o amigo ou amiga que precisa. Uma atitude importante é estar atento as necessidades do grupo, alerta ao trajeto e principalmente a integridade física de cada participante do pedal. 
                     
                                                  Vejo sempre no grupo KMC - Keimando Calorias, atitudes que nos inspiram a sempre querer estar em grupo, pois havendo alguma dificuldade tem sempre pessoas dispostas a ajudar.
                                 Hoje agradeço por todos que de uma forma ou de outra ajudam uns aos outros do grupo ou até mesmo quem não faz parte ainda do grupo.
                                  Seja trocando uma câmara de ar furada, seja regulando marchas, freios, e até mesmo o celim. Sem falar daqueles que ajudam aos iniciantes do grupo com dicas durante o percurso, e incentivo a pratica do esporte.  Lembro outro dia um fato ocorrido, durante
um pedal a noite, e que mexeu com todos do grupo, pois um jovem que precisava do apoio e orações recebeu acolhida e intervenção de todo o grupo e com isso ajudou a superar a dificuldade vivida por ele naquele momento.
       Outra atitude que não pode ser esquecida foi a união de todos que puderam em organizar doação financeira para adquirir uma bike para um dos integrantes do grupo, e que emocionou todos, pois foi um gesto de carinho e atenção, que não tem palavras para definir a ação. Mas que com muita alegria houve a mobilização e a concretização da ação.


              Pedalar faz bem, traz estimulo a mudança de vida, traz para os participantes novo vigor para enfrentar os desafios da vida, seja fora ou em cima de uma bicicleta, envolve as pessoas numa dinâmica de família, onde todos buscam um só objetivo, ser feliz.
               A emoção de cada pedalada está guardada em cada coração, em cada marca deixada pelas quedas, em cada gesto de ajuda ao trocar uma câmara de ar, uma calibragem de pneu, um partilhar até mesmo a água ou a rapadura.
               Isso faz com que o grupo esteja cada vez mais unido e partilhando cada momento que é organizado através das trilhas, viagens, passeios e eventos realizados em prol do esporte. Pedalar é uma paixão que carregamos para o resto da vida, e precisamos dela para vivermos o resto das nossas vidas.
              Se você ainda não pedala, procure um grupo de ciclistas, peça orientação sobre pedalar, e que tipo de bike comprar. Mexa-se, afinal todos temos o direito de pedalar e estar com amigos, que com certeza você cultivará durante, após e por toda a vida. Se tiver alguma dificuldade, procure se informar e vença os medos que tem sobre pedalar.

Fotos: Arquivo pessoal
Autor: Josenilson Araújo

domingo, 24 de abril de 2016

Como se manter seguro ao pedalar nas ruas – Parte 2

Como se manter seguro ao pedalar nas ruas – Parte 2

PALAVRAS

Busque sempre determinação em sua vida, para que possa sempre ir mais longe.

Os desafios fazem com que você alcance sempre lugares mais longe e concretize seus sonhos. 

Poder fazer amizades é a grande vitória da vida, e manter os amigos é o tesouro que somente quem tem Deus sabe preservar.

A vida pode ser mais fraterna quando partilhamos com as pessoas certas o que temos e somos,
sem fazer concessão ou escolhas, simplesmente vivemos.

Estar sempre determinado em fazer a diferença em sua vida e na vida dos que mais precisam.
Faça da vida um gesto generoso do amor que vem de Deus. 


ANDAR NO TRÂNSITO

                    Para muita gente é um verdadeiro Tabu andar de bicicleta no trânsito, porém para que isso não seja a pedra no seu pedalar trago algumas dicas que considero importante para que, você com segurança faça o percurso e chegue ao seu destino.
                        Para quem já pedala, estar no trânsito é somente mais uma etapa pra vencer no trajeto seja indo ao trabalho ou na prática do esporte, porém muitos que estão praticando o esporte ainda sente um frio na barriga quando se fala em estar no trânsito. 
                        Já pedalo a muito tempo, porém minha experiência no trânsito começou mesmo a cerca de 2 anos, quando resolvi dar as primeiras pedaladas ao trabalho. Porém, meu maior desafio era pedalar no trecho que segue da Ponte de Igapó, saindo da Zona Norte de Natal para o Centro e Zona Sul da cidade. Como o trecho é bem complicado por ter trânsito e tráfego intenso de veículos pesados, carros de passeio e transporte coletivo, eu sempre tive o medo. Porém, resolvi encarar esse medo pois afinal de contas não podia deixar que o medo dominasse minha vida. Fui quase que impulsionado por esse medo e cruzei o trecho de cerca de 4 km sem muitos transtornos. Resolvi claro, sair de casa bem cedo, para assim evitar o tráfego pesado no horário de pico, e assim fiz a primeira travessia do trecho. Hoje, com mudança de horário faço o trajeto mais tranquilo e mais seguro do caminho que percorro. 

Foto: http://viatrolebus.com.br/2013/08/beneficios-da-bicicleta-para-a-saude/
 Um ponto importante que analisei antes de prosseguir com meu objetivo de ir de casa ao trabalho, foi fazer as mudanças na bike para que eu pudesse fazer com segurança e de forma apropriada todo o trajeto. Cuidei de mudar os acessórios de segurança, melhorar todos os objetos e peças que tem nela para que ficasse mais forte e me dessem mais segurança no pedalar. Mais afinal de contas em todo trajeto precisamos sempre ter o cuidado com a bike para que o esporte seja praticado com segurança e melhor desempenho.
         Existem claro, pontos a serem observados como: andar sempre na direção da mão, pedalar sempre a direita da via, manter distância segura do meio fio, e atenção redobrada no trajeto, pois além dos carros que circundam seu caminho, tem os pedestres que por algum motivo podem não visualizar você que vai no caminho pedalando. E assim, evita que haja atropelamento e acidentes graves. 
         Cuide dos acessórios de segurança pessoal, como luvas, capacete, roupa apropriada para pedalar, que seja colorida, e que o faça ser visível ao motorista, use sempre os sinalizadores, e piscas da bike, pois ajudam a você ser visto no trânsito. Sempre antes de sair, examine os pneus, a câmara de ar reserva, bomba de encher, e ferramentas que porventura possa utilizar. Não esqueça a água para hidratar durante o trajeto, sempre é bom usar protetor solar se pedala durante o dia, e os óculos que protegem seus olhos contra sujeiras ou insetos durante a pedalada. 
          Uma dica importante no trânsito é pedalar se fazer zigue-zague, ou seja ficar costurando no trânsito, sempre que necessitar fazer conversão de faixa, sinalizar com antecedência para que os veículos possam assim ter o tempo suficiente para diminuir velocidade e facilitar o que você precisa fazer, seja entrar numa rua ou passar por exemplo, outro ciclista que esteja a sua frente. 
          O pedalar no trânsito requer um controle muito bom da bike, por exemplo, ela deve estar com freios bem calibrados, para que possa parar sem problemas, não ande distraído, com fone nos ouvidos, eu não recomendo, mantenha atenção a via que você segue, quanto a buracos, poças de água, sujeiras, e evite pedalar entre os carros, só faça isso quando o trânsito estiver parado e sempre de ouvido atento as motos que por imprudência sempre andam entre os veículos e numa velocidade desnecessária. 
           Com alguns cuidados você consegue vencer seus medos, e chegar a seu destino com mais segurança e praticando o esporte que gosta. Eu, hoje faço a maior parte da semana o trajeto de casa trabalho, trabalho casa, de bike, e tive o apoio da empresa que trabalho, pois na função que exerço foi visto para segurança e também sem afetar minha função que podia ter um horário diferenciado, e assim manter a saúde, não correr tantos riscos pedalando sozinho a noite por exemplo, e também apoiar meu esporte. E hoje posso ir e vir em segurança e com economia para mim. 
           A maior dificuldade que tenho é de ver mais pessoas aderindo a bike para ir e vir do trabalho, muito do tráfego hoje congestionado é causado por essa falta. Mas, as pessoas estão tendo mais consciência e buscando na prática esportiva uma melhor qualidade de vida. 
           Por isso, não deixe que o medo vença seus ideais, com perseverança você consegue vencer desafios que jamais pensou em vencer e que se tornaram pra você mais uma experiência de vida. Vá de Bike, seja feliz. 

Foto: http://www.sitedebelezaemoda.com.br/bicicleta-emagrece-e-faz-perder-barriga/

PEDAL KIDS - KMC

Na tarde deste sábado 23 de abril de 2016 o Grupo de Pedal KMC - Keimando Calorias, realizou nas ruas do Conjunto Parque dos Coqueiros o PEDAL KIDS, com objetivo de iniciar e aprimorar o pedalar da turma jovem do grupo.
Participaram do Pedal os pais e filhos que fazem parte do grupo, mas o objetivo é que todos possam iniciar e aprimorar o esporte.
Com certeza o grupo de pedal KMC, fará deste momento um calendário fixo para as pessoas participarem, assim como o faz com os pedais das terças e sextas-feiras à noite, que reúne o grupo e realizar percurso para vários destinos, desde o Aeroporto de São Gonçalo até Pium, Genipabú, entre outros.
Segue algumas fotos retiradas do Telegran do grupo KMC do PEDAL KIDS:




E nos resta parabenizar todos por esse momento e, já preparando a nova geração para uma vida mais saudável, cheia de energia e praticando um esporte que mexe com todo o corpo. Parabéns.

quinta-feira, 21 de abril de 2016

CUIDADOS AO PEDALAR

Nestes dias, ouvi relatos de amigos sobre alguns incidentes ocorridos, como andar na contramão e sofrer acidente. E fiquei preocupado com isso, pois eu mesmo já fui vítima de tal fato. Muitas vezes por considerar o local apropriado e facilitar chegar ao destino mais rápido o ciclista ou até em outro tipo de veículo pode causar lesão em outras pessoas ou em si mesmo.

O problema de se fazer conversão contrária a mão (sentido oposto a via), corre o risco de sofrer acidente ou causar um. Uma vez que a via segue para um lado e você segue ao contrário.

Parece simples, mais o fato é que quem precisa seguir o sentido correto com certeza irá olhar o tráfego naquele sentido, e não irá imaginar que vem alguém ou algo no sentido oposto, isso pode ser problema para ambos, principalmente se for um pedestre.

O que deve ser feito é respeitar as leis de trânsito e trafegar no sentido da via, para não atropelar algum pedestre ou até mesmo você que de bike seja atropelado por um veículo que está no sentido correto e não você.

Outro ponto importante é sempre trafegar com responsabilidade e prevenir no próprio trajeto acidentes. Sempre estar atento a via, a pedestres distraídos, a conversão feita por veículos, ao tráfego em geral, obedecer aos semáforos, e sempre dar passagens aos pedestres que utilizam a faixa e o tráfego parar.

DIAS DE CHUVA. Um terror para muita gente, mais alguns cuidados no trajeto ajudam na segurança e proteção física do ciclista e de outros. Manter os sinalizadores traseiros e frontais acesos, usar roupas coloridas, afastar-se com segurança de poças de água pois escondem possíveis buracos, ter cuidados com óleo combustível na via, pois em dias de chuva podem causar derrapagem e queda. Diminuir a velocidade da pedalada, e usar roupas de tecido sintético que facilitam a secagem e não absorvem durante o pedal a água da chuva. Mas se o temporal for muito forte, melhor e em lugar seguro parar e esperar que amenize a chuvarada.

HIDRATAÇÃO. O ciclista que cuida de si, mantem sempre a hidratação em dia. Seja em casa e principalmente durante o pedal deve ter recipiente adequado para levar água ou bebida isotônica, para repor as perdas de líquidos decorrentes do pedalar, frutas também são bom alimento para ajudar na hidratação e para repor energias, e manter o nível da glicose durante o exercício adequada, eu recomendo ter sempre uma porção de rapadura, que ajuda nessa parte. Enfim, não esqueça da água ao sair para pedalar, seja um percurso curto ou longo, leve sempre sua garrafinha com água. E bom pedal.

PEDAL DO DIA DE TIRADENTES

O grupo KMC - KEIMANDO CALORIAS, realizou na tarde de hoje feriado de Tiradentes um pedal com participação de cerca de 30 participantes.
O grupo percorreu cerca de 40 km seguindo por Estivas onde teve pausa para um reforço do percurso com água de coco e bananas, na Feirinha do local.





Na sequência o grupo foi até Pitangui, no litoral norte, fazendo o percurso passando por Graçandú e atravessando em Balsas na Barra do Rio que leva até a Praia de Genipabú.






Após a travessia o grupo seguiu de volta para suas casas. E com a satisfação de que foi um ótimo pedal o grupo se mantém unido e incentivando pessoas a participar e praticar esporte, neste caso o ciclismo impulsiona cada um a superar todos os dias seus próprios limites.
Parabéns para todos do KMC por fazer de cada momento juntos, único em nossas vidas.

Fotos pessoais do pedal de hoje à tarde, e também fotos do Telegran de participantes do grupo.













segunda-feira, 18 de abril de 2016

De Bicicleta na Cidade - dicas para pedalar na chuva e qual capa comprar





Gostei muito deste vídeo, e tirei muitas coisas dele pra usar no meu dia a dia, principalmente nos dias com estes de chuva... vale a pena assistir. Boas dicas.

domingo, 17 de abril de 2016

ACIRN: Leis e Normas

ACIRN: Leis e Normas: Lei 0349/2011 - SICLONATAL (PDF). Lei 0349/2011 - SICLONATAL (Diário Oficial) Dispõe sobre a crianção do sistema cicloviário de Natal Le...

Pedaleria - Quer instalar mais marchas na bicicleta?





Veja o vídeo e saiba mais sobre marchas da sua bike.

INCENTIVO A PRÁTICA ESPORTIVA

A pratica esportiva faz com que haja o condicionamento físico e ajuda a manter a saúde das pessoas, o sedentarismo faz com que seja acumulado energia em forma de gordura nas pessoas e consequentemente esse acumulo gera doenças variadas. 
Por isso, busco sempre praticar o esporte no dia a dia, e  o ciclismo MTB - Mountain Bike é uma modalidade que proporciona esse condicionamento. Porém, vale ressaltar que precisamos sempre praticar outros exercícios físicos para assim trabalhar melhor nosso corpo. 
A prática do esporte feita de maneira correta e com acompanhamento profissional é a melhor opção para que haja ganhos e rendimentos na saúde mental e física. Isso aliado a boa alimentação e higiene mental nos proporciona rendimentos na vida pessoal e profissional sem igual. 
Busque a prática esportiva e mudanças de hábitos, você terá com certeza muitas comemorações em sua saúde. 

KMC - KEIMANDO CALORIAS

O grupo de pedal KMC - KEIMANDO CALORIAS foi criado por um grupo de amigos cujo responsável Douglas Fabiano e sua esposa Ana Lúcia estão a frente. O objetivo do grupo é fazer com que todos os que amam pedalar possam estar reunidos e fazer percursos para variados locais da cidade do Natal, e também em regiões vizinhas da Grande Natal, afinal o grupo é composto por pessoas de vários bairros de Natal, São Gonçalo do Amarante e outros.
O grupo tem durante a semana algumas atividades noturnas sempre nas terças e quintas-feiras. Sem falar que há sempre programação nos fins de semana entre o sábado e domingo.
O grupo é formado por mais de 100 pessoas que sendo profissionais de várias áreas tem em comum o amor por pedalar.

Em um dos pedais a feirinha de Estivas o casal coordenador do grupo Ana Lúcia e Douglas Fabiano, com os amigos Ramos e Vanilton, respectivamente.


O grupo KMC, busca sempre integrar as pessoas com a pratica esportiva e também proporciona momentos de lazer, passeio cultural e turísticos em vários locais do estado.

O KMC está aberto a receber sempre mais pessoas e utiliza as redes sociais para interagir e integrar todos, há página no Facebook e também um grupo no TELEGRAN que tem por objetivo fazer a organização e decisão dos destinos dos pedais que o grupo realiza. Atualmente o grupo tem a camisa própria que identifica em diversos eventos como também Carteira de Identificação que pode ser levada pelo ciclista com algumas informações importantes como nome, contatos, tipo sanguíneo e cadastro em rede de atendimento médico (SUS), para que o ciclista possa em alguma eventualidade receber atendimento devidamente identificado.
Alguns dos momentos de parte do grupo reunido. Aqui em passeio realizado a CASA DO GRUDE, município de Extremoz.

Aqui em outro momento na PRAIA DA REDINHA, em nossa cidade Natal. Contando com a participação de várias pessoas integrantes do grupo KMC.

E deixo o convite pra você que ainda não faz parte, vir conhecer e pedalar conosco nas estradas e trilhas do nosso estado.









Abaixo fotos da Pedalada da Fé, promovida pelo grupo do TERÇO DOS HOMENS do XI ZONAL