sexta-feira, 26 de agosto de 2016

PROJETO PRA QUEM VAI AO TRABALHO PEDALANDO

Amigos ciclistas, hoje trago um assunto muito importante para todos, uma ideia legislativa que poderá se tornar Projeto de Lei e irá beneficiar todos que utilizam a bicicleta para ir ao trabalho. 
No portal do Senado Federal, o "e-Cidadania" é um canal que podemos criar projetos e leis que dependendo do apoio popular podem a vir se tornar Lei no País. 
Criei a "Ideia Legislativa" que dá incentivo a que vai de casa para o trabalho. Isso mesmo, com o objetivo de apoiar os funcionários das empresas que utilizam a bicicleta para ir e voltar do trabalho. 
Minha preocupação é contribuir para que todos, possam praticar o ciclismo com segurança e mantendo a bicicleta com manutenção preventiva. 
Andando pela cidade, com certeza você já viu algum ciclista que utiliza sem o mínimo de segurança, tanto na bicicleta como em si próprio. Muitos são trabalhadores de baixa renda, que utilizam a bicicleta como meio de transporte, seja por não ter outra opção, economia doméstica, ou gostar de pedalar. Mas muitos principalmente por causa da economia não tem condições para comprar roupa adequada, capacete, luvas, e os acessórios de sinalização e segurança para a bicicleta. 
Pensando nisso, criei essa ideia para que sendo aprovada, todos os que utilizam a bicicleta para ir ao trabalho, serem beneficiados e assim, poder andar com segurança e adequados para o ciclismo.
O projeto está disponível nesse endereço: 
https://www12.senado.leg.br/ecidadania/visualizacaoideia?id=56573 
Precisamos ter pelo menos o apoio de 20 mil pessoas para que passe dessa fase para a próxima, que é ser levada apreciação dos parlamentares, e poder vigorar como lei.
O meu projeto é criar um "Bônus" acrescido no salário do trabalhador e com o valor disponível poder manter a bicicleta que o leva para o trabalho. O projeto se torna parceiro de quem utiliza a bicicleta todo dia, e sabe o quanto precisa manter em dia a manutenção da bicicleta e dos acessórios que usa. Também se torna um meio o qual a empresa pode apoiar o funcionário que pratica o esporte, indo para o trabalho pedalando. 
O principal ponto do projeto é incentivar o uso da bicicleta por mais pessoas, e contribuir assim para a diminuição do trânsito nas cidades, e ainda aumentar o incentivo ao esporte que, por sua vez contribui para o bem-estar de todos. 
http://oglobo.globo.com/sociedade/saude/pedalar-ou-caminhar-para-trabalho-aumenta-bem-estar-13933826

Acesse a página "e-Cidadania" e apoie essa ideia. Você estará não somente ajudando um amigo que conhece e que pratica o esporte, você estará contribuindo para mudança de mentalidade tanto, das pessoas que ainda não pedalam como, das empresas que apoiarão os funcionários através desse projeto.
Conto com seu apoio e agradeço desde já sua participação nessa ideia. 

Texto: Josenilson Araújo
Autor da Ideia Legislativa, no (e-Cidadania).
Acesse: https://www12.senado.leg.br/ecidadania/visualizacaoideia?id=56573

Foto: http://oglobo.globo.com/sociedade/saude/pedalar-ou-caminhar-para-trabalho-aumenta-bem-estar-13933826 

quinta-feira, 25 de agosto de 2016

PEDALAR E CUIDADOS PESSOAIS

Poder pedalar é conquistar um tipo de liberdade que gera antes de tudo satisfação consigo mesmo e com o esporte que escolheu. Sim um esporte. Mas assim como todo esporte alguns cuidados devem ser tomados para aproveitar melhor o esporte.
Ouvi relato de pessoas que ao participar de um passeio ciclístico realizado recentemente, dias após o evento sentiram um incomodo por ter pedalado. Dores nas pernas, sensação de assaduras entre as pernas e outras coisas relacionadas a prática esportiva.
Também constatei que, muitas dessas pessoas não tem a atividade como principal exercício e, por isso mesmo não usaram roupas adequadas a prática do esporte.
Por isso mesmo, não custa lembrar. Todo exercício tem a roupa apropriada pra ser praticado. O ciclismo é uma modalidade que possuí particularidades essenciais ao conforte e segurança do praticante. As pessoas devem utilizar roupas leves, calças ou bermudas apropriadas para a prática que, por exemplo sejam confortáveis e que tenham proteção como forro de espuma para evitar o atrito e compressão da virilha e órgãos internos que compõem o aparelho urinário e sexual. 
Não esquecer luvas para as mãos, capacete, óculos e tênis apropriado para a prática esportiva, fazendo assim um conjunto que pode até não evitar os tombos ou quedas, mas que ameniza as consequências se por ventura isso venha a acontecer. 
Outro ponto que não custa lembrar é o ajuste da própria bicicleta para a pratica do esporte, como a altura do selim e a manutenção e limpeza da bike e dos componentes. 
Ajuste dos freios, dos passadores das marchas, e também os equipamentos de sinalização noturna como piscas, lanternas e faixas refletivas. 
Se as pessoas tivessem uma mínima noção desses pontos evitariam contusões ou problemas mais sérios à saúde. 
O importante também é todos nós estarmos atentos a isso e repassar para as outras pessoas que querem iniciar na prática esportiva esses cuidados. Pois afinal de contas, fazer o esporte é também partilhar o que de bom recebemos e conhecemos. 

Texto: Josenilson Araújo
Fotos: Arquivo pessoal

quarta-feira, 17 de agosto de 2016

PORQUE PEDALAR É PRECISO

Satisfação - Espírito de Equipe - Amizade
Posso definir em pelo menos três palavras o que sinto ao pedalar com o KMC - Keimando Calorias. 
Já a algum tempo percebo que é importante pra mim pertencer a esse grupo, pois indiretamente vem ajudado em muitas coisas, nele aprendi a ser ciclista (amador), mas ciclista. Pois com pequenas dicas e melhorias necessárias busco melhorar cada vez mais minha bike pra poder estar acompanhando o grupo nos pedais. 


Mais uma das coisas mais importantes que temos é poder fazer amizades, claro que algumas não tão intensas, mas nos encontros promovidos pelo grupo - que servem para aproximar - vemos que é importante promover a socialização das pessoas. Cada um tem seus problemas, suas dores, mas também a grande alegria de viver e passar a experiência para as outras pessoas. 
Isso faz toda diferença, isso aproxima e torna a participação cada vez mais forte entre as pessoas que fazem parte do grupo.





Não somos os melhores, mas somos o KMC. E em nossas superações pessoais tornamos o grupo forte, e fonte de vitória na vida de cada um de nós. 



É preciso sempre continuar com a alegria, o suor no rosto, as dores no corpo, não porque faz parte das quedas mas sim da superação pessoal que cada um faz, e isso torna forte a amizade, o empenho na atividade física e principalmente traz a satisfação em poder estar com todos que amam pedalar da mesma forma que você. 


Esteja onde estiver, lembre-se que pedalar é preciso. E que fiquem nas lembranças os bons momentos que fizeram parte dos caminhos percorridos, das trilhas realizadas e dos amigos conquistados. 

Texto: Josenilson Araújo
Fotos: Arquivo Pessoal

terça-feira, 16 de agosto de 2016

MANTENHA DISTÂNCIA

É comum em grupo de pedal a gente perceber que sempre tem alguém muito perto da gente, mas isso deve ser evitado, Saiba por quê...
Foto: Josenilson Araújo
Seja em trilha ou asfalto o ciclista deve sempre estar atento ao que acontece ao redor e principalmente a quem vai a frente pedalando. O que acontece é, a distância entre os ciclistas deve ser mantida para evitar que haja colisão entre ambos, assim como nos veículos automotores a regra de trânsito presa por essa distância, no ciclismo devemos também cuidar para não ficar posicionado atrás do outro ciclista de forma a em alguma eventualidade não ter tempo ou espaço suficiente para executar manobra escapando assim do que aconteça à frente. 
Quantas vezes não vemos em passeios ou trilhas colisões entre ciclistas porque houve a necessidade de parar a bike, ou ter que diminuir o ritmo da pedalada e então, o ciclista que vem logo em seguida por estar muito próximo ao ciclista da frente causa a colisão.
Vemos que nas provas de ciclismo essa dica basicamente não existe, porém nessas modalidades o que conta muito é a experiência e a velocidade que a prova exige, e assim mesmo já vimos em tempo real acidentes que envolvem vários ciclistas ao mesmo tempo. 
Foto: Internet 
Porém, nos passeios e trilhas realizados é prudente manter a distância, evitando assim que o problema que o ciclista que está a frente tenha se torne problema para os demais. 
Atentos a esses detalhes, mantemos a segurança nos passeios e evitamos que aconteçam tombos ou colisões com gravidade. Isso depende de cada um, e a segurança é responsabilidade de todos. 
Foto: Internet
http://www.autobicicletao.com.br/noticias/2015/3/20/ciclistas-comemoram-mais-bicicletas-nas-ruas
Texto: Josenilson Araújo